O poder de influência do audiovisual é algo que não deve ser ignorado pelo segmento de pilates. Em todas as áreas, ele tem sido cada vez mais explorado e incorporado às estratégias de marketing, devido ao eficaz resultado que apresenta. Se você ainda não utiliza vídeos de aulas de pilates como tática para atrair mais alunos para o seu studio, está na hora de mudar isso.

Vou te dar alguns motivos:

Google

Você quer que a sua marca seja encontrada por esse gigante das pesquisas? Se sim, está mais do que na hora de você investir em uma estratégia de vídeos de aulas de pilates. Fazendo isso, você conseguirá melhorar significativamente o rankeamento do seu studio e será encontrado por mais pessoas interessadas em pilates.

Existem diversos sites que você pode hospedar vídeos, mas recomendamos que você use o YouTube. Primeiro, porque ele é do Google, e isso fala por si só. Depois, porque a rede está no topo do ranking dos sites mais acessados do mundo. Só em 2016, foi responsável pela transmissão média de 1 bilhão de horas de vídeos por dia.

Então, acho que você já conseguiu entender a importância de o seu studio de pilates estar presente no YouTube e postar vídeos de aulas de pilates, não é? Portanto, crie um canal e estabeleça uma frequência de publicações.

Não se preocupe se você não dispõe de equipamento profissional de filmagem. Você pode fazer vídeos com a webcam do computador ou com o celular. O ideal também é que você realize as filmagens com um funcionário do seu studio no papel de aluno. Faça demonstrações de aulas, mostre ao público o que ele pode esperar do seu studio e publique.

Assim, utilizando vídeos, será bem mais fácil que o seu studio seja encontrado pela busca orgânica (a que não é paga) do Google. Isso facilitará que potenciais clientes fiquem sabendo que ele existe e o que oferece. Não esqueça de colocar na descrição dos seus vídeos o link para o site ou fanpage do studio e informações de contato.

Agrega a outras estratégias

Se você tem uma fanpage no Facebook, um blog ou envia e-mail marketing, você tem muitos motivos para fazer vídeos de aulas de pilates. Eles podem ser compartilhados por diversos canais, agregando conteúdos visuais a eles.

Se os seus vídeos estiverem no YouTube, eles podem ser “embedados” facilmente nos posts do blog e das redes, ou seja, ficam incorporados. Para isso, basta colar o link do vídeo na página, que ele aparece automaticamente. Dessa forma, eles podem ser assistidos no próprio local, sem o redirecionamento para o link original no vídeo.

Essa é uma excelente maneira de diversificar os conteúdos que você oferece, o que pode aumentar o engajamento do seu público com o studio e reforçar as suas estratégias de marketing digital.

Trabalha com as emoções do seu público

A visão é um sentido poderoso. Ler sobre um exercício de pilates não causa o mesmo impacto do que assistir com os próprios olhos a prática sendo executada.

Isso ocorre por alguns motivos:

  • Nosso cérebro absorve e acredita mais no naquilo que vê;
  • O cérebro também percebe melhor imagens em movimento, atraindo e prendendo mais a atenção;
  • O vídeo estreita os laços entre o público e a empresa, aumentando a confiança.

Por isso, poste vídeos de aulas de pilates e dê explicações durante a execução. Faça isso em uma linguagem que um leigo consiga entender. Além de atrair mais a atenção do público, os vídeos também passarão mais credibilidade a ele e farão com que se sinta mais próximo ao seu studio. Experimente e sinta o resultado!

É uma tendência crescente

Você já reparou que está havendo uma movimentação na internet de conteúdos audiovisuais em uma proporção maior do que nunca? Inclusive, hoje existe até a profissão “Youtuber”, que são pessoas que mantêm um canal na rede e o utilizam como um “negócio”.

Em redes sociais como o Facebook, o Instagram e o WhatsApp, esse fenômeno também fica bem evidente. Depois do rebuliço causado pelo surgimento do Snapchat, as redes se atentaram para o potencial dos vídeos e aprimoraram a experiência dos usuários com esse formato. Assim, evitaram perder espaço.

Tudo isso nos permite uma leitura: vídeos são uma forte tendência que não deve ser negligenciada. Profissionais de diversas áreas estão obtendo bons resultados com esse formato. Com o pilates não é diferente.

Então, aproveite a onda e navegue com ela. Faça vídeos de aulas de pilates para o canal do seu studio no YouTube e compartilhe-o em suas outras redes sociais. Também utilize o recurso “Stories” do Instagram para conversar com os seus seguidores, gravando momentos de bastidores, como a chegada de um novo aparelho e diversos outros assuntos do dia a dia.

Estratégias de vídeos, além de servirem para atrair novos clientes, também ajudarão a fidelizar os alunos que já frequentam o seu studio, fazendo com que eles se sintam mais próximos e desenvolvam um relacionamento afetivo com ele.

Quer uma inspiração?

Se você precisar de uma inspiração para produzir vídeos de aulas de pilates, você pode assistir a esse workshop sobre Prancha de Molas da Ivana Henn. Observe principalmente a forma como ela conversa com o público.

Não se preocupe se você não dispor dos mesmos recursos de filmagem e edição utilizados no vídeo. O importante é oferecer um conteúdo relevante para pessoas interessadas em pilates. Assista, inspire-se e bote em prática!

Leia maisLeia mais
– Como utilizar o Snapchat para promover seu studio?
– Por que seu studio deve ser ativo no Instagram?

Se você já utiliza a estratégia de vídeos de aulas de pilates, compartilhe a sua experiência com a gente. E não deixe de conhecer o canal da Kauffer no YouTube.

 

Newsletter

Receba nossas novidades

Cadastre-se e receba em seu e-mail as atualizações da Kauffer.