Ter o controle de contas do seu studio de pilates é fundamental para uma boa administração. Acompanhando a entrada e saída do dinheiro, é possível identificar para onde a sua grana está indo, evitar desperdícios e até fazer sobrar no fim do mês.

Infelizmente o Brasil ainda é um país em que a educação financeira não é ensinada entre a população e muita gente só vai sentir isso de verdade na hora de empreender. Afinal, se já é difícil cuidar das finanças pessoais, administrar um negócio é ainda mais complicado.

Por isso, trazemos algumas dicas importantes para que você tenha maior controle de contas e consiga se preocupar mais com seus alunos do que com as finanças do seu studio!

A importância do controle de contas para seu negócio

Segundo dados do Sebrae, uma em cada 4 novas empresas fecham antes de completar dois anos de funcionamento. Momentos de crise e a burocracia para empreender são alguns dos fatores, mas a falta de experiência com administração também exerce papel fundamental nessa triste estatística. Por isso, é sempre importante adotar boas práticas financeiras para que seu studio de pilates possa prosperar.

A rentabilidade de um studio de pilates varia entre 30% e 60% do faturamento mensal e geralmente o retorno sobre o investimento feito acontece em um ano, mas muitos fatores podem influenciar nesta estimativa, sendo o principal deles a taxa de ocupação do studio. Em outras palavras, é um negócio com boa lucratividade, mas que exige um administrador sempre alerta para antever possíveis problemas financeiros.

Como fazer o controle de contas

Anote tudo!

Para ter controle total das finanças do seu studio de pilates, é necessário anotar todo dinheiro que entra e sai. Este controle pode ser feito em um caderno, planilha, app de celular ou software específico.

Além de valores, é importante categorizar as entradas e saídas. Assim, você pode identificar para onde a grana está indo, cortar gastos desnecessários ou buscar novas fontes de renda, por exemplo.

Não misture contas pessoais

Tenha sempre na sua cabeça uma separação clara entre finanças pessoais e do seu studio de pilates. Você pode achar que tirar R$ 10 do caixa do studio para comprar um lanchinho não vai impactar seu negócio, mas esse é um mau hábito que, a longo prazo, pode comprometer as finanças do seu negócio.

Elenque prioridades

Nem sempre estamos satisfeitos com o nosso studio de pilates. Às vezes precisamos comprar um equipamento ou acessório novo, realizar uma reforma ou até um reparo emergencial, mas nem sempre há dinheiro sobrando para tudo.

Por isso, é importante definir prioridades para poder se planejar e não gastar mais do que pode. Defina metas que possam te ajudar a guardar algum dinheiro mensal e sempre analise se o gasto que está prestes a realizar é mesmo o mais importante naquele momento.

Preveja o que entrará e o que sairá

É muito importante ter um controle de despesas recorrentes para antever seus gastos mensais. Contas como água, luz, internet e aluguel são importantíssimas e devem estar no seu planejamento mensal para que sejam pagas em dia e evitar custos adicionais com multas e juros.

Da mesma forma, é sempre importante ter controle das mensalidades e planos dos seus alunos a fim de evitar inadimplência e problemas financeiros dos mais diversos por falta de pagamentos.

Capital de giro e reserva de emergência

No momento da abertura do seu studio de pilates, sempre tenha em conta, além do investimento inicial para a montagem do espaço, um valor de capital de giro que possa ajudar na manutenção do studio enquanto o lucro não vem. O ideal é ter o valor necessário para manter o studio por pelo menos três meses, mas essa reserva pode chegar ao valor de um ano de funcionamento sem lucro.

Da mesma forma, sempre tente manter uma reserva de emergência para evitar gastos imprevistos. Afinal, nunca se sabe quando um cano pode estourar, um computador queimar ou qualquer outro gasto imprevisto bater à porta do studio.

Utilize um sistema de gestão completo

Muitas pessoas não têm disciplina para realizar o controle de contas manualmente e acabam abandonando o processo pelo caminho. Por isso geralmente costuma ser mais vantajoso optar por um sistema de gestão específico para studio de pilates, como o Simpple. Além do controle financeiro, é possível gerenciar todos os aspectos do negócio, como agenda de aulas, informações de alunos e por aí vai.

No começo do negócio, muita gente acaba pensando que pagar a licença de um software de gestão pode ser um gasto desnecessário, mas é importante manter o controle financeiro desde o dia 1 de operações do seu studio e, no fim, o valor investido retorna em mais tempo livre e menos dores de cabeça por conta de finanças.

Conclusão

Não vamos dizer que não existem studios de pilates que tenham prosperado sem o controle de contas ideal, mas você não quer dar chance para o azar no seu negócio, não é mesmo? Então saiba que nunca é tarde para adotar bons hábitos financeiros tanto na parte pessoal como, principalmente, no seu studio. Busque mais informações (ou ajuda, se necessário), anote tudo e veja seu lucro aumentar!

Você já dava uma atenção especial ao controle financeiro do seu studio de pilates? Conte para a gente nos comentários sobre a sua experiência!

Newsletter

Receba nossas novidades

Cadastre-se e receba em seu e-mail as atualizações da Kauffer.