Um fator limitante para o bom profissional de pilates são aparelhos de baixa qualidade. Por mais sólida formação que o instrutor tenha, se não trabalhar com equipamentos de pilates de qualidade, o desempenho nas práticas pode deixar a desejar.

Por isso hoje vamos te ensinar a distinguir equipamentos de pilates de qualidade dos que não são e te mostrar quais fatores influenciam para que um aparelho seja de nível superior.

Vamos lá?

Segurança

O quesito mais importante na avaliação de um equipamento de pilates é a segurança. Um aluno que procura o seu studio precisa ter a confiança de que ele sairá de lá sem dores ou lesões provocadas por acidentes em aparelhos.

Pontos cruciais
Ladder Barrel da Kauffer Pilates - Equipamentos de Pilates de qualidade

Prática de pilates em Ladder Barrel com base estrutural feita de aço

Alguns pontos são fáceis de se observar e cruciais para que não ocorram sérios problemas durante a execução dos exercícios: a base estrutural do Ladder Barrel e do Step Chair é muito mais segura se for de aço em vez de madeira.

Se o motivo não veio à sua mente imediatamente, vamos te explicar. No Ladder Barrel, por exemplo, se a base estrutural for de madeira, o seu aluno pode sair do seu studio com uma séria lesão. Isso ocorre porque a base dele pode simplesmente se partir durante a execução de uma prática, fazendo com que ele caia, provocando ou agravando uma lesão já existente.

Acidentes como esse não são tão raros quanto deveriam, e não ocorrem se a base for de aço. O aço também impede que o equipamento fique “bambo”, como ocorre com bases de madeira após algum tempo de utilização. Em aparelhos bambos, o aluno tem a sensação de que ele irá cair.

Step Chair da Kauffer Pilates - Equipamentos de Pilates de qualidade

Exercício realizado em Step Chair com base estrutural feita de aço

O mesmo cuidado com a base estrutural deve ser tomado em relação à Step Chair. Uma base estrutural de madeira pode resultar em acidentes ainda mais graves. Isso ocorre porque em bases de madeira, as bengalas podem simplesmente se abrir durante as práticas.

Dependendo do nível de evolução do aluno no pilates, ele pode estar até de cabeça para baixo apoiado nas bengalas. Imagine então elas se abrindo. Pensou? Certamente o resultado é uma das piores coisas que podem acontecer em um studio de pilates. É tudo o que você não precisa. Por uma questão de responsabilidade com a saúde e a vida do aluno, lembre-se de escolher um aparelho com base estrutural de aço.

Outros pontos

Há outros aspectos que também podem ser observados com relação à segurança. Alguns deles não são tão fáceis de notar, como a matéria-prima utilizada na composição dos equipamentos, que vamos especificar mais adiante, mas há aqueles bem fáceis de identificar.

No Cadillac, por exemplo, barras emborrachadas são mais aderentes, o que as torna muito mais seguras, além de confortáveis. Fique sempre atento também à questão de travas nas barras, isso em todos os aparelhos.

No Reformer, prefira carrinhos totalmente estofados, que impedem que o aluno se machuque com arestas finas de madeira. Veja também se a barra footwork possui uma boa estabilidade.

A verificação de todos esses pontos demonstra não apenas uma preocupação com o aluno, mas a responsabilidade do profissional. Então seja sempre comprometido com a segurança do seu aluno!

Agora vamos ao segundo quesito? Me acompanhe!

Praticidade

A praticidade é outro ponto-chave na escolha de um equipamento de pilates de qualidade. A vida de um instrutor é corrida, por isso é necessário que ele tenha todas as facilidades que puder para agilizar a rotina e economizar tempo nas tarefas, ganhando qualidade de vida.

Então quando for escolher equipamentos, esse ponto precisa ser questionado. Um exemplo de aspecto aonde você pode buscar praticidade é com relação às molas do Reformer. Verifique se elas são de fácil acesso.

Observe também todas as facilidades de ajustes das molas, se é necessário o uso de mosquetões ou não, por exemplo. No Cadillac, observe o ajuste das barras verticais e horizontais e se os manípulos têm localização acessível.

Procure se atentar sempre para pontos que otimizam o seu dia a dia. Agora vamos adiante? Vem comigo!

Conforto

O conforto também é fundamental na escolha de equipamentos de pilates de qualidade para o seu studio. Os alunos que escolhem o pilates em vez de uma academia querem realmente “sentir-se bem” durante a prática dos exercícios, e o seu espaço precisa entregar isso a eles se quiser fidelizá-los.

Na compra de equipamentos observe sempre se eles são ergonômicos, se o material, além de resistente, também é confortável, se há barras emborrachadas e se há estofados nas partes de maior contato do aparelho com o corpo do aluno.

Você, como profissional de pilates, conhece bem os exercícios que são executados nos equipamentos, então pergunte-se ao escolher um: é possível executar todas as atividades necessárias neste aparelho de forma confortável?

Um exemplo: nas práticas utilizando o Reformer, muita pressão é exercida sobre os ombros. Portanto, as ombreiras precisam se encaixar com facilidade, proporcionando conforto e resistência.

Da mesma forma, em outros aparelhos, fique atento a esses pontos de contato, principalmente naqueles aonde ocorre mais pressão, colocando-se sempre no lugar do aluno. Se o equipamento que você quer não proporcionar conforto ao seu aluno, com certeza essa não é a sua melhor opção.

Qualidade dos materiais

Materiais bons e robustos também são essenciais para que você tenha equipamentos de pilates de qualidade. A matéria-prima, mais do que um aspecto visual, também é fundamental para a segurança dos alunos. Esse é um ponto que é difícil de ser avaliado por um leigo, mas vamos te passar uma visão geral:

Molas

Profissionais de pilates sabem que molas são peças essenciais para as práticas de pilates. As melhores são as com acabamento e-coat, pois a qualidade e a durabilidade são muito maiores do que as niqueladas, que são as mais comuns de se encontrar no mercado.

Para se ter uma ideia da superioridade das molas com acabamento e-coat, a proteção anticorrosiva delas também é bem apreciada pela indústria automotiva, que a utiliza para acabamentos de alta proteção.

Madeira

A madeira corresponde a uma parte considerável da composição dos aparelhos de pilates. Por isso, é fundamental que além de ser de boa qualidade, também seja tratada com produtos químicos, para que tenha uma vida útil prolongada e não pegue cupim.

Metal

As partes de metal dos equipamentos de pilates também são importantes e devem ser feitas com bons materiais, para que tenham resistência e não enferrujem. Equipamentos com aço inox são excelentes opções, pois outros tipos de aço podem enferrujar devido ao contato constante com o suor.

Tecido

Para evitar que o tecido dos equipamentos se rasgue com o tempo, esse fator também deve ser observado no momento da aquisição de um aparelho. Uma boa opção de tecido é o couríssimo náutico, que é resistente ao calor e à umidade.

Utilizando aparelhos com esse material você evita surpresas como tecido descascando, rachando ou se rasgando com facilidade. Prefira também tecidos com bordas finalizadas com costura, que ganham no fator resistência.

Preenchimento

Este é um critério importante a ser avaliado. Equipamentos de pilates de qualidade utilizam predominantemente EVA em vez de espuma comum.

Com o passar do tempo a diferença é notória. Equipamentos com espuma comum ficam com “curvas” e se tornam desconfortáveis devido ao desgaste. Já os com EVA, com o mesmo tempo de uso, permanecem retos e com aspecto de novos. O fator durabilidade é incomparável.

Pintura

Muito mais do que apenas estética, a pintura também interfere na durabilidade dos equipamentos de pilates. O ideal é que os materiais empregados sejam de alta qualidade, para que resistam à ação do tempo.

Nas partes de metal, uma pintura aquecida aumenta a durabilidade das peças e deixa os acabamentos lisos e sem bolhas.

Mas como saber?

Conforme você deve ter notado, há muitos pontos que precisam ser verificados para se ter a certeza de que você está adquirindo equipamentos de pilates de qualidade. No entanto, nem todos esses fatores são fáceis de perceber em um primeiro momento. Como fazer então?

Para as informações que você não conseguir notar “de olho” ou por meio de pesquisas na internet, você pode buscar diretamente com a empresa a qual você quer adquirir os equipamentos. Também estamos à disposição para esclarecer dúvidas, é só entrar em contato.

Esse cuidado, no futuro, se mostrará compensador, pois equipamentos com boa qualidade, conforto e praticidade, além de durarem mais, elevarão o nível das suas aulas e lhe trarão economia de tempo no dia a dia.

Trocar os equipamentos de um studio já montado também é alternativa

Se você já montou o seu studio e, ao ler este post, percebeu que os equipamentos que adquiriu não possuem a qualidade e a segurança necessárias, saiba que ainda é possível reverter esse quadro. Foi o que fez a profissional de pilates Thaiz Peres, dona do Espaço TP – Pilates e Reabilitação.

Thaiz trocou todos os aparelhos de seu studio, que não possuíam os atributos citados acima, por equipamentos de pilates de qualidade da marca Kauffer, que estão dentro de todos os pontos descritos e são considerados do mais alto padrão.

A profissional relata que os aparelhos que tinha antes já começaram a apresentar problemas com apenas seis meses de uso, e que a empresa que os fabricou não fazia questão de auxiliá-la. “Por diversas vezes a minha Step Chair quebrava e arriscava a segurança dos meus alunos”, relembra.

Thaiz, que estava descontente com os equipamentos e com o pós-vendas da empresa que contratou inicialmente, conheceu a Kauffer Pilates em uma das edições do EPP que ocorreu em Curitiba/PR.

Satisfação

A profissional destaca que os pontos em que mais sentiu diferença entre os aparelhos da antiga empresa e os da Kauffer foram: conforto, molas, design dos equipamentos e, principalmente, a segurança proporcionada.

“Equipamentos de pilates de qualidade com certeza complementam o profissional instrutor de pilates, pois permitem mais desempenho e a estrutura oferece mais segurança, tanto para o instrutor quanto para o aluno!”, assegura Thaiz.

Ela, que diz estar muito satisfeita com a troca, alerta aos profissionais que, na hora da aquisição de aparelhos, notem se eles oferecem segurança, conforto, se o tamanho é compatível, se permitem mais desempenho e como são as molas.

Cuidados como esses são fundamentais para que, na hora de montar um studio, o profissional se previna de dores de cabeça e até de processos futuros, e possa proporcionar aos alunos práticas seguras em equipamentos de pilates de qualidade.

Leia maisLeia mais
– Por que escolher os aparelhos da Kauffer Pilates
– Muito além de equipamentos para pilates

E você, também acha que equipamentos de pilates de qualidade são importantes? Conte para nós se este post te ajudou na escolha dos aparelhos para o seu studio.

Newsletter

Receba nossas novidades

Cadastre-se e receba em seu e-mail as atualizações da Kauffer.