Conhecer um estúdio de pilates não é difícil, já que se trata de uma realidade em todo o Brasil. Eles fazem parte da rotina de milhões de brasileiros e começaram a fazer sucesso no país depois que atrizes e modelos se tornaram adeptas da prática para definir os corpos e viver de bem com a saúde física e psicológica.

O instrutor de pilates se torna então uma figura importante em todo esse processo, e hoje é o verdadeiro mentor para as pessoas que estão em busca de uma atividade que faça bem ao corpo e à mente.

Ser um instrutor de pilates vai muito além de dar aulas e encontrar clientes, é preciso fidelizar os alunos, saber gerir o negócio e conseguir se tornar referência no meio em que atua. Foi pensando nisso que decidimos escrever o Manual do bom instrutor de pilates.

Conheça o manual do bom instrutor de pilates:

Planejamento incessante

O bom instrutor de pilates está sempre em busca de novidades. Não importa se você acabou de reformular toda a sua aula, é possível que algum novo método ou até mesmo uma nova técnica surja e você nem se dê conta.

Por isso, a palavra de ordem para um bom profissional é planejamento. Com ele você consegue administrar o seu tempo e as suas aulas e fazer com que seus alunos se sintam acolhidos e valorizados, já que recebem sempre as melhores aulas e os melhores métodos existentes.

Lembre-se também de estudar toda a obra do pai do pilates, Joseph Pilates, aumentando assim o seu repertório de conhecimentos. Isso será importante para que você não perca alunos e para que saiba identificar se a técnica que está de olho é mesmo uma novidade ou apenas uma reprodução demasiada do que já existe no mercado.

Vale lembrar ainda que não é porque você está em busca de novidades que deve ficar escravo disso. O importante é ficar atento e não acreditar que se a novidade não aparece é porque você é um péssimo instrutor de pilates.

Venda valor e não preço

Todos sabem que a prática em estúdios de pilates costuma ser mais cara, já que os aparelhos são uma verdadeira fortuna e o instrutor deve ter uma boa formação. Mas é preciso que você tenha em mente que não está vendendo um preço e sim um benefício (valor).

Por isso, mostre para o seu público o que o pilates pode agregar de positivo e ofereça uma aula gratuita. Desta maneira ele descobrirá na prática que o pilates é uma atividade mais benéfica do que imagina e que vale cada centavo. Se precisar, ofereça vantagens em pacotes ou promoções como: se levar um amigo ou familiar, o desconto aumenta.

O importante é que você saiba que o seu cliente precisa ser convencido a experimentar a técnica e que assim como você ele também verá no preço um atrativo, por isso, imponha o valor justo e mostre para ele o porquê.

Leia maisLeia mais
– Como ser um profissional de pilates organizado?
– Como organizar as aulas do seu estúdio de pilates?

Se você gostou do conteúdo e quer saber mais sobre o universo do pilates, ter dicas de equipamentos e acessórios e ainda descobrir como fazer de seu estudio de pilates um verdadeiro sucesso, acesse o blog da Kauffer e confira mais dicas!

 

Newsletter

Receba nossas novidades

Cadastre-se e receba em seu e-mail as atualizações da Kauffer.